Preço X Valor agregado

seth godin

Ainda existe uma associação errônea de preço ser sinônimo de valor.  Hoje, este conceito deve ser colocado como ultrapassado e quem o segue pode ter sérios problemas financeiros. Isso equivale para negócios tanto no offline como online. Muitas lojas, tanto físicas como online, trabalharam por muito tempo com a ideia” Compre 2 e leve 4” usufruindo de ofertas e promoções pois no final do mês estava tudo certo. Entretanto, hoje nem grandes varejistas obtêm o mesmo sucesso.

Com o crescimento da classe C no Brasil, o boom das redes sociais, o consumidor começou a compartilhar suas ideias e ser ouvido, a gerar discussões neste meio digital, o comportamento de compra mudou mediante a tudo isso. Não importa só o preço que me oferece, e sim os valores que estão atrelados ao seu produto/marca.

O que defini para uma venda ser finalizada, é a experiência que o consumidor teve durante sua jornada de compra. Se ele foi bem atendido, se o site estava claro, a facilidade de encontrar o produto e de finalizar a compra por exemplo, são os primordiais. Mesmo que antes ele tenha sido impactado de forma positiva pela marca, na hora do check out esta experiência pode gerar desistências e abandono de carrinho.

Alguns aspectos que podem ajudar a melhorar essa experiência em um site ou e-commerce são os seguintes:

– Um site responsivo

Como a priori atual é tempo e não dinheiro, a maioria das pessoas acessa mais pelo celular do que por um PC ou tablet. Logo, seu ecommerce e site precisa ter uma versão mobile para atender esta demanda e facilitar a vida deste consumidor.

Além de utilizar técnicas como remarketing, que colaboram para a lembrança ao cliente do produto que ele ficou interessado e pode contribuir para que este cliente retorne e finalize a compra.

– Atendimento 3.0

Ter uma curadoria das redes sociais, um SAC disponível no facebook já deve fazer parte do kit de comunicação com o consumidor de uma loja e tanto que é valido para outros segmentos diante da oportunidade de aproximação com cliente. Todavia, o que está sendo muito cogitado é a utilização do Whatsapp como ferramenta 3.0. Algumas das principais facilidades seria pedidos de reservas, dúvidas sobre produto e pagamento, reclamações e até vendas. Porém, antes do uso é preciso definir bem as regras de uso quanto aos horários de atendimento e avaliar qual melhor forma e como pode ser divulgada cada informação para evitar qualquer mal entendido pelo consumidor.

– Relevância

Com o site em formato responsivo, e cuidado ao atendimento ao consumidor, em paralelo, todo conteúdo a ser postado deve ter relevância, para tornar seu cliente interessado em comprar e ganhar sua fidelização. É importante manter uma qualidade tanto em seus textos como avaliar o design e a harmonização visual de seu site ou loja.

Como Seth Godin diz, “A razão pelo qual parece que o preço é a única preocupação dos seus clientes é porque você não deu nada mais interessante para eles se ocuparem”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *